Partilhar  
1
2
3
Case Studies
Aeroporto 4 de Fevereiro (Angola)

Esta grande infra-estrutura aeroportuária da cidade de Luanda, Angola, acaba de ser renovada tendo as empresas do Grupo INFRA, INFRASECUR ANGOLA e INFRASYS sido escolhidas respectivamente para as componentes de Safety (Segurança contra Incêndios, sistemas de detecção automática e sistemas de protecção por extinção automática por gás FM200) e BMS (Building Management, Automação e Gestão Técnica das instalações especiais de conforto), para todos os edifícios intervencionados.

 

A solução conceptual prevê que todos os sistemas considerados sejam comunicantes entre si, preparados para a realização de comandos e acções interdependentes, em particular ao nível da activação e/ou desactivação de instalações e sistemas técnicos especiais, de conforto ou não.

 

Estão neste âmbito os sistemas eléctricos – alimentações, iluminação, etc, sistemas de ventilação e ar condicionado, elevadores, sistemas de som ambiente e chamada de pessoas, etc, no sentido de poder controlar de uma forma mais segura e eficaz qualquer situação de emergência fogo e permitir a evacuação dos ocupantes em tempo útil e com risco minimizado.

 

Na presente aplicação as empresas do Grupo INFRA recorreram e equipamentos da marca Siemens de que são também parceiros certificados.

 

Relativamente às soluções de protecção e extinção automática contra incêndios, foram instalados sistemas em salas técnicas de equipamentos eléctricos (UPS, Geradores, Transformadores, etc) e na sala de equipamentos de controlo de CCTV.

 

A INFRASECUR ANGOLA utilizou como agente extintor o gás FM200, meio mais eficaz de extinção tendo em conta o risco previsível e considerando a inundação total dos volumes a proteger.

 

Os cálculos associados foram realizados segundo as normas NFPA e EN e os equipamentos relacionados são do fabricante LPG de quem a INFRASECUR ANGOLA é também parceiro certificado.

Sistemas
Grupo Infra
  © Infrasecur 2013 | Mapa do Site | Contactos
Parceiros